{Resenha} Ossos do Clima

by - 17:29


Olá, pessoas! Quem ai curte uma boa história de conspiração? Então, vem comigo e se liga na resenha desse livro.



Título: Ossos do Clima
Autor: André Souto
Gênero: Literatura brasileira; 2 ficção.
Editora: Arwen
Ano de lançamento: 2017
Número de páginas: 218




 Sinopse
O misterioso desaparecimento de um renomado cientista, um incêndio criminoso, um roubo que deu errado e as mortes inexplicáveis de diferentes pesquisadores ao redor do mundo.

Aparentemente nenhum desses fatos está relacionado, mas com o desenrolar da história fica evidente cada pequena conexão. Algumas nem tão pequenas assim.

Entre inúmeras perguntas sem respostas e enigmas que parecem insolúveis acontece, em Brasília, a Cúpula Mundial do Clima, pano de fundo para tramas políticas que podem mexer com algumas das mais íntimas certezas dos protagonistas da trama, assassinatos e uma caçada pelas pessoas que podem mudar a nova ordem mundial.

Junte-se a Alice Gianne e Amilton Vidal para tentar desvendar esse mistério e entender quais são os Ossos do Clima.



Tudo começa com um incêndio que culminou no desaparecimento de Caio Sodré, um cientista renomado que trabalhava em uma teoria climática que chocaria o mundo, caso viesse à tona.

E nesse cenário surge Alice Gianne, filha adotiva de Caio e professora na Universidade de Brasília. O que ela encontra ao entrar biblioteca em chamas já deixa claro que o inimigo a ser enfrentado não é dos fáceis, mas não posso dizer o que ela viu ou vou soltar uma torrente de spoilers aqui.

Então, simultaneamente, acontece na cidade a Cúpula Mundial do Clima, assim como uma série de assassinatos brutais e roubos ao redor do mundo. Intrigante, não? Essa é a sensação que o livro deixa. Além de levantar a questão: se Caio Sodré era apenas um conspiracionista climático absurdo, por que o fizeram desaparecer?

É com essa questão que a trama começa a girar.

De um lado temos um mercenário fugitivo e uma professora que procura desvendar o desaparecimento misterioso do pai adotivo, e, do outro, pessoas de alto renome no cenário internacional, que farão de tudo para desacreditar e silenciar qualquer um que os contrarie.
Nem preciso dizer que a balança está bastante desequilibrada. E esse peso fica claro ao longo da trama, o que torna tudo mais empolgante.

A narrativa é muito rica e com bastante detalhes, feita em terceira pessoa, seguindo com personagens em diferentes partes do mundo através dos capítulos. Em alguns momentos, nos deparamos com assassinatos, perseguições e de repente damos uma respirada com trechos mais focados nos diálogos, que apenas aumentam o suspense. É como se saltássemos de Bourne para Anjos e Demônios através dos capítulos. E isso é algo positivo na obra.

A trama em si nos faz mergulhar em um clima cinematográfico na maior parte do tempo, é fácil visualizar o que está acontecendo e tudo ocorre de maneira rápida e na medida certa. 


 O tímpano quase estourou ao som de um disparo no aparelho de escuta. Empurrou os fones sobre o teclado. Uma arma letal sem silenciador?

— Sombra Dois, o que houve? Câmbio — disse Pierre recolocando o aparelho comunicador. — Que merda é essa?


Uma coisa que senti que faltou no livro, foi a conexão emocional maior entre leitor e os personagens. Eu estava realmente focada na trama, mas senti que aquelas pessoinhas ali podiam ter feito eu me importar mais com seu bem estar.

Ainda assim, gostei bastante dos protagonistas, Amilton Vidal e Alice Gianne. Principalmente Alice.

A personagem é portadora de alexitimia, um tipo de autismo que dificulta a expressão de sentimentos e de senti-los. Então, é fácil identificar quando a narrativa segue com ela, exatamente por ser muito mecânica na descrição de emoções.

O professor Sodré era o único pelo qual sempre nutrira algo, alguém que desencadeava um processo de emoção constante desde que a adotou como filha, uma reação cognitiva verbalizada, chamada amor.
 
Quanto a diagramação do livro, está impecável e maravilhosa, assim como de todos os livros da Arwen. Faço apenas uma pequena observação sobre a revisão. Encontrei uma ou duas palavras que tiveram silabas “engolidas”. Nada além. Então é perdoável e não agride os olhos.

Agora vai o veredito:
Recomendo para quem gosta de leituras rápidas e de descrição rica. Daria um ótimo filme nacional de suspense, então vale a pena dar uma conferida. 😃☂☁⛆



 Se interessou pelo livro e quer comprar?

CLIQUE AQUI




You May Also Like

1 comentários

  1. Estou em êxtase com essa maravilhosa resenha! Muito obrigado pelo carinho! ♡ Conto sempre com vocês!

    ResponderExcluir

Não deixe de comentar, sua opinião é muito importante pra nós!
Obrigada, e volte sempre!