{Resenha} LOG #1525 de B. Demetrius

by - 16:06

Olá pessoal! Tudo bem?  

Lembram da parceria de Log #1525? Então, hoje temos resenha sobre ele.
Log #1525 é um livro de estreia do autor B. Demetrius, do gênero 
de ficção cientifica. O livro foi publicado recentemente pela Editora Chiado.

Lançamento oficial


O autor estará lançando seu livro oficialmente na Livraria Leitura do Shopping Cidade no centro de Belo Horizonte. 
Terá bate-papo com o autor, autógrafos e os que comparecerem e adquirir o livro, ganhará um marcador de página exclusivo e autografado pelo autor. Será dia 1
° de Julho das 15h30min às 18h30min. Não deixem de ir!





Sinopse DE LOG #1525





Autor: B. Demetrius

Ano: 2017
Páginas: 285

Gênero: Ficção Cientifica
Editora: Chiado
Minha avaliação: 






Log #1620 C

Se você está lendo isso é porque provavelmente este maldito cubo de gelo gigante me venceu.

Ou pior! Virei motivo para as masturbações mentais dos burocratas da companhia. Merda!
O treinamento especial na Amazônia, os anos na “geladeira” nos confins do sistema solar, minha ex-mulher – nada me preparou para isso. Nada!

Acordei sob os destroços de um pod de sobrevivência, em um planeta gelado e escuro. Estou com uma puta ressaca de hipersono, um gosto horrível de metal na boca e essa desgraça de implante cibernético na minha cabeça não para de falar! É a mesma coisa que ter uma velha com Alzheimer com acesso garantido aos meus pensamentos.
 Trabalho fácil, pagamento gordo e um contrato com letras bem miúdas. Claro que eu iria me ferrar, claro! Droga, tudo que eu queria agora era um café…



Agora, vem conferir o que achei do livro <3 

Log #2017CD

 ‘’Se você está lendo isso, você está preste a descobrir minha opinião sobre livro Log#1525. Então pegue um café, sente-se e coloque um bom rock and roll pra tocar’’.


Log #1525 conta a história do nosso protagonista ‘’Major’’, um astronauta brasileiro que acaba acordando em um planeta frio e desconhecido, quase ausente de luz.

Após sair do hipersono, o protagonista se vê sozinho nesse planeta e vai à procura dos outros tripulantes da nave, mas não encontra nem ao menos suas pegadas.
Então o mistério o deixa atônito, onde todos estariam?

Dividido em capítulos curtos e denominado como LOG, o livro é contado em primeira pessoa, através dos registros feitos pelo nosso protagonista.
Major, tem um Nanobot (chip implantado em sua cabeça), no qual o nomeou de Boris. Através dele o Major tem acesso a todas as informações necessárias possíveis. Sendo assim, Boris seria como um segundo pensamento.
Devo dizer, que no começo isso me incomodou um pouco, porque apenas temos contato com o que o Major fala e pensa, ou seja, não sabemos o que o Boris ‘’fala’’.
Mas depois você se acostuma com a escrita. rs 
Mesmo assim, Log #1525 tem uma leitura de fácil compreensão. Uma leitura fluida e divertida do qual não largamos antes de chegar a ultima página.
 Com um bocado de suspense e rico em detalhes, no decorrer do livro Major nos leva as suas desventuras para tentar decifrar o que aconteceu com os outros tripulantes e tentar encontrar um meio de manter contato com alguém.
Durante sua busca, Major divide com o leitor o medo que passa nesse planeta frio e a sensação de que tem algo o seguindo. 

Não se sabe muito sobre o passado do Major, apenas sabemos que é um ex-fuzileiro, totalmente sozinho. Sem família e nem amigos. Tinha apenas a companhia de seu cão Droid antes de embarcar na missão.

’O tempo passa diferente pra mim. Não da pra ter uma família para retornar, amores em portos distantes, amigos para corresponder. Talvez eu esteja realmente enlouquecendo. Talvez esteja apenas cansado dessa maldita relatividade. No final das contas, eu sempre estive sozinho. ’’

‘’eu sei que ninguém vai me responder, Boris. Não importa, é mais divertido assim. Não, não estou precisando de auxilio. Terapia? Tá de sacanagem comigo?! Humanos gostam de conversar com outros humanos. É eu sei que não tem outros humanos’’

Gostaria de dizer, que algo
interessante, foi ver o quanto ele estava apavorado no começo e por isso não enxergava a beleza que o planeta tinha a oferecer, mas conforme mais tempo ele foi ficando ali, ele foi vendo o quanto o planeta era lindo e tinha coisas a se admirar.

‘’Essa parte por onde passo agora volta ter abundancia de vida. O musgo e essas gramíneas estão por toda a parte, acho que isso aqui é líquen, o que é bom. A bioluminescência é realmente algo formidável. ’’

‘’Aqui parece bom, tão bom como qualquer outro lugar. Está escuro, não quero acabar com a beleza deste lugar com os holofotes do treno’’.

O livro também traz algumas referências como AC/DC, Eagles, Beatles, algumas referências aos deuses mitológicos e o desenho dos Flintinstones. 


Sobre a parte gráfica do livro, para quem viu a postagem da parceria, todos sabem que amei, a capa esta linda e impecável e com a diagramação maravilhosa, fazendo a leitura fluir muito.

Bem, deixo aqui minha recomendação de Log #1525 para todos que quiserem ler. E gostaria de agradecer o autor por confiar no Carpe Diem para resenha-lo <3 

Com certeza entrou para a lista dos favoritos <3
Vou sentir saudades do Major <3

=== Fim do lote de Dados ===





Onde 
Comprar

Você pode estar adquirindo o livro pela EDITORA CHIADO


rEDE 
social

 Fanpage 


conheça o autor
B. Demetrius é formado em Comunicação Social pela PUC Minas. É diretor de arte, lustrador, redator e escultor – havendo se especializado no design de personagens e monstros. Atualmente, divide seu tempo entre trabalhar como professor e escrever.

Apaixonado desde a infância por ciências, video games, viagens espaciais e rock’n’roll, cresceu amontoando em sua mente tudo o que pôde sobre séries de ficção científica espacial, alienígenas – endoparasitários ou não –, robôs gigantes japoneses, supersoldados anabolizados, computadores com problemas de ego, artes marciais e piadas de mau gosto.
Quando criança, morria de medo do Alien (aquele mesmo), que acreditava viver debaixo de sua cama; o que gerava aventuras apavorantes entre suas idas ao banheiro durante a noite.

Postes anteriores: PARCERIA LOG #1525 | PROJETO LEIA NACIONAL


Postado por:
Carine Benitez

You May Also Like

22 comentários

  1. Oii tudo bem?
    Infelizmente não curto muito o gênero ficção cientifica mas parece ser um livro muito legal para quem gosta desse gênero, mesmo assim obrigada pela dica :)

    Parabéns pela resenha :)

    Beijos!
    www.pensamentosvalemouro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que pena, Tais
      Mas obrigadaa!
      Beijooos!

      Excluir
  2. Olá!

    Não sou a maior fã de sci-fi, mas sempre que posso, leio algo e esse livro parece ser muito interessante. Pena que não moro em BH, senão eu dava um jeito de ir a sessão de autógrafos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Kamila! Espero que leia o livro!
      Também gostaria de ir na sessão de autógrafos :(

      BJOS!

      Excluir
  3. Oi Carine, tudo bem??
    Eu adoro uma ficção científica, mas confesso que fiquei bem receosa apenas com a narrativa de um personagem contanto e tentando entender o que aconteceu. Falo isso, porque me sinto entediada com esse tipo de escrita, então infelizmente deixarei este passar... mas adorei ler sua resenha empolgante nos contando a sua experiência. Xero!.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa Diana! Ahh que pena!
      Mas obrigadaaa! <3
      Beijooos!

      Excluir
    2. Dê uma chance ao Major, Diana. Um Sci-Fi em monólogo, com um protagonista um tanto quanto desequilibrado, pode te surpreender. Bom, mas eu sou suspeito. ;)

      Excluir
  4. Olá! Apesar do inicio da leitura ter te incomodado um pouco, que bom que depois você se acostumou. Que bom que é uma leitura fácil de compreensão, fluída e divertida. Bom que tem muito suspense e é rico em detalhe. Beijos'

    ResponderExcluir
  5. Olaaa
    Também acho esse gênero um pouco difícil mas acho que é questão de costume.
    Não sei se leria a obra agora mas a dica esta anotada pois adoro suspense
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá Carine,
    Esses últimos tempos tenho lido mais livros desse gênero, mas não simpatizo completamente com eles. Fiquei interessada nessa história, pois ela prece ter vários meandros que não apenas a ficção científica.
    A capa é linda, preciso concordar com você.
    Vou super anotar a dica.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna!! Isso é muito legaal! Espero que leia <3
      A capa é linda né?
      Beijos!

      Excluir
    2. Bruno, as últimas pessoas que leram o "Log" reclamaram de insônia, ansiedade e aflição enquanto "usavam o produto". Leia por sua própria conta e risco. ;)

      Excluir
  7. Oi Carine, sua linda, tudo bem?
    Confesso que a história não chamou minha atenção, não sei se conseguiria me envolver com um cenário tão parado com ele sozinho. Mas o mistério do que aconteceu com os outros parece ser bem interessante. Para os fãs, parece uma boa dica de leitura. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oláa! Tudo bem? aHH! Que penaa Cila!
      Obrigada por ter gostado da resenha. <3
      Beijos!

      Excluir
  8. Olá, eu já tinha ouvido falar dessa obra a algum tempo atrás, mas confesso que não tenho muito interesse no gênero...mas acredito que muitos leitores irão curtir a leitura.

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Apesar de não ser muito adepta a esse gênero literário, sua resenha me deixou bem curiosa em relação a esse livro. Os quotes são bem instigantes também..

    Bjs

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá
    Não conhecia a obra mas pela resenha gostei do que se trata. A unica coisa que me incomodou foi que parece que o personagem principal fala bastante palavrão e eu não curto muito, acho forçado. Do mais é uma leitura que eu gostaria de fazer.
    Beijuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe como é, Renata. Esses mineradores espaciais são uns boca sujas, safados e desequilibrados. O Major, em especial, ainda é um ex-fusileiro colonial. Com esse background são 7 palavras de baixo calão para cada 5 ditas.

      Sem contar o fato de que ele se fode o tempo todo no livro. hehehe

      Espero que você goste do livro.

      Excluir

Não deixe de comentar, sua opinião é muito importante pra nós!
Obrigada, e volte sempre!