{Resenha #12} Dias Perfeitos Raphael Montes

by - 11:20

Olá pessoal!

Eu estava super ansiosa para escrever essa resenha. Para quem não sabe eu amo um suspense/thriller/terror e ler mais um livro do Raphael Montes me deixou muito feliz. É muito bom ver isso na literatura brasileira. Porque, para quem me conhece, sabe que eu quase não lia livro nacional. Mas calma! Eu sei que faço parte do projeto Leia NacionalSim, faço, com muito orgulho, mas foi a partir desse projeto que comecei a enxergar a leiteratura nacional de outra forma. Temos muitos escritores bons que merecem reconhecimento e eu com certeza quero conhecer suas obras.

Bem, vamos a resenha, antes conheçam o Carioca Raphael Montes.



Raphael Montes nasceu em 1990, no Rio de Janeiro. Advogado e escritor, publicou contos em diversas antologias de mistério, inclusive na Playboy e na prestigiada revista americana Ellery Queen Mystery Magazine. Suicidas, romance de estreia do autor, foi finalista do prêmio Benvirá de Literatura 2010, do prêmio Machado de Assis 2012 da Biblioteca Nacional e do prêmio São Paulo de Literatura 2013.


















Título:
 Dias Perfeitos
Escritor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 280 
Ano: 2014

Avaliação: 


Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina. Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. Capaz de manter os personagens em tensão permanente e pródigo em diálogos afiados, Raphael Montes reafirma sua vocação para o suspense e se consolida como um grande talento da nova literatura nacional.

BOOKTRAILER 



 O Vilarejo foi o primeiro livro que li do Raphael Montes, e em meio a uma resenha de O Vilarejo, vi comentários falando sobre o livro Dias Perfeitos, foi a partir daí que decidi ler. Eu não me lembro de ter lido a sinopse de Dias Perfeitos, ultimamente estou preferindo assim, é muito bom quando o livro acaba te surpreendendo.

Bem, vamos aos personagens.

Primeiramente conhecemos Téo, um estudante de Anatomia, filho de uma Mãe paraplégica. Logo percebemos que Téo é meio recluso da sociedade, solitário e retraído, que tem como sua única amiga Gertrudes, um cadáver de uma senhora doada para a universidade para estudos.
Sua mãe acaba convencendo ele a ir a um churrasco e lá ele acaba conhecendo Clarisse, uma garota que gosta de viver a vida, uma garota alegre e ousada que tem o sonho de ser roteirista. Os dois acabam conversando e a partir desse encontro que o Téo tem com a Clarisse, ele acaba ficando obcecado por ela, e acaba sequestrando-a. 

Dia Perfeitos pra mim é um daqueles livros que a gente se apaixona logo no começo, um livro que é difícil de largar antes de chegar nas últimas páginas.
Uma das coisas que mais me surpreendeu foi ter imaginado que o Téo era tímido e retraído, talvez por ele citar que nunca tinha tido um relacionamento, (lembrando que eu não li a sinopse) essa era a visão que eu tinha dele. Mas ao longo do livro o Téo muda a cada capítulo, passa de um garoto solitário a um garoto totalmente louco e obsessivo, o que chega a ser doentio esse ‘’amor’’ que ele sente pela Clarice. E eu jamais imaginei que ele faria as atrocidades que fez com o Breno e com a Clarice,
a sua ratinha.
Apesar do livro ser em terceira pessoa, o Raphael Montes faz com que entremos na cabeça do personagem. Mostrando assim um rapaz frio, que em sua mente todas as coisas que ele faz ao longo do livro estão correto. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável. E é a partir desses pensamentos que o personagem tem, que o autor Raphael Montes nos mostra como é a mente de um psicopata. 

Lembrei muito do Norman Bates de Psicose, foi meio que uma mistura de Psicose com Misery de Stephen King. O que eu amei porque é um dos meus livros favóritos. 
E algo que gostei foi uma parte do livro que cita o filme Louca Obsessão (adaptação do livro Misery), "Pensou em incluir Louca obsessão, mas desistiu. O excesso de violência o cansava às vezes" Nessa parte, confesso que ri.
Vale lembrar que e
m certas partes eu sentia um ódio profundo do Téo. Os pensamentos que ele tinha, a maneira que ele achava que iria fazer a Clarice se apaixonar por ele. Nunca senti tanto ódio de um personagem. haha

Finalizando o livro, as únicas coisas que não gostei foram algumas partes que achei impossível de acontecer, não vou citar porque não gosto de dar spoiler. Mas até a última página gostei bastante da leitura. Tive que pensar um tempo após terminar de ler, para digerir tudo que li e realmente as únicas coisas que não me agradaram foram essas partes. 

Porém, o Raphael Montes escreve muito bem, ele tem uma escrita fluída e a cada página eu ficava curiosa para saber o que iria acontecer.
Esse foi um livro que eu queria muito saber como acabaria, mas ao mesmo tempo não queria que acabasse. 

Mesmo que eu não tenha gostado de alguns acontecimentos de Dias Perfeitos, foi uma leitura muito boa e com certeza vou ler mais livros do Raphael Montes.
E lembrando que o Raphael Montes acabou de lançar seu novo livro chamado Jantar Secreto. Quero ler tanto Suicidas quanto Jantar Secreto. Os dois já estão na lista de desejados

Espero que tenham gostado da resenha de hoje. E você já leu algum livro do Raphael Montes? Deixe ai nos comentários, vou adorar saber.  


Um Beijo!
 

You May Also Like

20 comentários

  1. A cada resenha que passa sua postagem fica mais linda!! Eu tenho certeza que você nasceu pra ser blogueira haha <3
    Nosso amor pelo Raphael Montes é mais uma coisa que temos em comum haha <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigadaaa amigaa! Será mesmo que nasci para ser blogueira? haha
      E é verdade, temos mais uma coisa em comum <3
      Beijoss!

      Excluir
  2. Carine, que resenha maravilhosa!! Quero ser você quando "crescer" !! HAHAHAHAH Tive uma aula de como fazer uma resenha linda, linda!! Eu adoro "Dias Perfeitos", amo a escrita do Montes e todo seu sucesso é pertinente ao seu show de talento! Também estou ansiosa para ler "Jantar Secreto". Eu tenho o "Suicidas", mas ainda não li, porém assisti a peça baseada no livro e AMEEEEI!!! "O vilarejo" eu ainda não adquiri, mas também está na lista! Mais uma vez parabéns pela linda resenha!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Carol. É tão bom ler comentários assim <3 E eu Também amo a escrita do Montes. E sobre a peça, que legal que você foi, deve ter sido muito bom <3
      E leia o Vilarejo sim, tenho certeza que você vai amar!
      Beijos!

      Excluir
  3. Eu li "louco obsessivo"? "sequestro"?
    a-m-o.
    Cara, parece ser muito legal, adoro esse tipo de história. Preciso ler mais nacionais, obrigada pela dica! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, leu certo sim haha
      E Leiaa sim, espero que você goste <3

      Excluir
  4. Caraca, esse livro parece ser muito bom. E essa capa? o titulo? Quero super ler, acho que vou adorar! Beijos Carine <3


    www.mundodefany.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, você vai adorar <3
      Beijos!

      Excluir
  5. Olá
    Eu morro de vontade de ler esse livro, até hoje não li nenhuma resenha negativa.
    Todos que já leram indicam e realmente a história parece ser louca e fascinante.
    Com certeza ja está na minha lista
    Beijuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata! Muito difícil de ver uma resenha negativa de Dias Perfeitos mesmo. rs
      Adiciona na lista sim, espero que goste.
      Beijos!

      Excluir
  6. Olá! Eu já ouvi falar do autor por outros livros que ele escreveu. Mas é a primeira vez que ouço falar desse livro. Achei a premissa bacana, mas acho que não leria. Sobre essa coisa de amor doentio, eu acho que não é amor. Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O escritor tem outros livros, Talvez você goste. Mas te entendo rs

      Excluir
  7. Eu tenho O Vilarejo e ainda n tive a chance de ler. Sei que é muito bom. Gostei muito da história de Dias Perfeitos! Amo de paixão mergulhar na mente do personagem, entender como ele pensa e como ele mantém sua vida funcionando, especialmente psicopatas por não terem empatia, sensibilização social. É interessante de perceber. Já estava na lista msm, só falta eu correr p ler! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Vilarejo é muito bom também. Quando tiver um tempo leia. Tenho certeza que irá gostar.
      Os dois são ótimos <3
      Beijos!

      Excluir
  8. Espero um dia conseguir escrever uma resenha tão boa quanto a sua, menina que talento! Sucesso com o blog, amor.

    De onde venho: https://shinybubbles.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oieeeee,
    Nossa fiquei completamente hipnotizada nessa resenha e louca por esse livro, aos poucos venho me infiltrando no mundo do triller e confesso que estou amando!! Unindo isso ao fato do livro ser nacional já quero com certeza!!

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kelly!
      Que bom que gostou!
      Leiaa e espero que goste!

      Beijos!!!

      Excluir
  10. Oi Carine, tudo bem?
    Amei o livro o vilarejo do Raphael e estou louca para ler o restante.
    Suicidas e dias perfeitos estão na minha lista há tempos antes de ele estourar na literatura, mas como sou desorganizada sempre to postergando.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Giu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giuli!
      Também gostei muito de O Vilarejo. Suicidas está na minha lista também, pretendo ler esse ano.
      Poxa, mas quando der leia sim.
      Beijos!

      Excluir

Não deixe de comentar, sua opinião é muito importante pra nós!
Obrigada, e volte sempre!